Notícias Solidárias

ESCOLA DO FUTURO TERÁ DE INCENTIVAR PENSAMENTO CRÍTICO E CRIATIVO DOS ALUNOS

Atualizada ás 14/05/2018 18:06

A escola do futuro deverá incentivar cada vez mais o pensamento crítico e criativo dos alunos, inserindo nos jovens a cultura do diálogo e valores de justiça e respeito. Essa nova forma de olhar para a educação é defendida pelo professor e Doutor Cesar Augusto Amaral Nunes, que ministrou a palestra de abertura da temporada 2018 do programa Rede Escolaí no Espírito Santo.

Ele veio ao Estado no último dia 20 de março, a convite da Fundação Otacílio Coser (FOCO), para falar sobre “A Inovação que Importa: Uma Nova Cultura Escolar”, em evento realizado em Vila Velha. Na plateia, gestores de prefeituras municipais, coordenadores, diretores e professores de instituições de ensino públicas que participam do programa.

Especializado em Ensino para Compreensão e Avaliação Educacional pela Faculdade de Educação da Universidade de Harvard e pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Moral da Unicamp, Cesar Augusto ressalta que a educação inovadora contribui diretamente para a autonomia intelectual e moral dos alunos.

“A escola precisa se transformar em um espaço que garanta a convivência ética, onde as pessoas se tratem melhor, os alunos gostem de ir para a escola e aprendam a ser melhores pessoas. A inovação passa também pela valorização dos agentes de transformação e por criar boas experiências, práticas e produções. Sabemos que não é algo fácil e que leva tempo. Por isso, todos devem estar empenhados”, destaca Cesar Augusto.

Segundo o professor, a tecnologia pode e deve ser usada nesse processo. “A tecnologia ajuda a moldar a nossa cultura. Nós compartilhamos valores quando publicamos ideias, fotos, vídeos e comentários nas redes sociais, por exemplo. Uma cultura que valorize o conhecimento, o respeito, a diversidade e a liberdade pode ganhar muito quando a tecnologia é usada em atividades colaborativas, seja para debater e discutir ideias em formação, para trabalhar em produções conjuntas ou para divulgar os feitos dos alunos. Isso dá sentido às atividades dos estudantes e os coloca no papel de protagonista”, explica.

Lançamento em São Paulo

Em São Paulo, a abertura do programa Rede Escolaí foi realizada no último dia 14 de março, no auditório da Biblioteca Mário de Andrade, no centro da cidade. Cerca de 85 pessoas participaram do evento, que contou com palestra da professora Telma Pileggi Vinha. Pedagoga, Doutora em Educação na área de Psicologia, Desenvolvimento Humano e Educação pela Universidade Estadual de Campinas e pesquisadora na área das relações interpessoais e desenvolvimento moral, Telma falou sobre os problemas de convivência na escola e os processos de resolução envolvendo a comunidade escolar.

Participaram do encontro 85 pessoas. Entre elas, o dirigente da Sul 1, Sandoval Cavalcante; o diretor do Núcleo Pedagógico da Diretoria de Ensino Leste 2, Samuel Primo; supervisores de ensino; diretores; vice-diretores; coordenadores e professores das escolas parceiras, fundações e institutos que lidam com o tema da Educação.

Opinião dos participantes:

 

Fortalecimento

“A palestra proferida pela professora Telma Vinha vem fortalecer a gestão das escolas e contribuir para a harmonia das relações nos espaços escolares. Muito bem-vinda para todos que buscam orientações para uma escola, de fato, mediadora”.

Ana Maria Stuginski

Departamento de Mobilização Escola e Comunidade – DMEC

Gerência de Ações Comunitárias e Educativas

Diretoria de Projetos Especiais

 

Reflexões

“Excelente evento realizado pela equipe do Programa Rede Escolaí! Parabéns a todos. Um agradecimento especial à professora Telma Vinha por sua contribuição através da palestra e por proporcionar reflexões a todos. Foi uma manhã de trabalho enriquecedora e gratificante”.

Jomara C. Palmieri

Diretora

 

Benefícios

“O Rede Escolaí tem mudado a realidade da comunidade escolar. Participamos do programa desde 2009 e já atingimos o quarto estágio das atividades. Os benefícios são muitos. Percebemos a escola mais ativa, movimentada, e pais e alunos participando de forma mais ativa”.

Maria de Lourdes Mantovanelli

Diretora da escola Tania Ahouagi Amaral Milo, em Guarapari – ES

Continue Lendo

SAIU NA MIDIA – OFICINA DE EMPREENDEDORISMO

Atualizada ás 15/06/2018 17:11

+

SAIU NA MÍDIA – DESIGN E ARTESANATO

Atualizada ás 21/05/2018 16:51

+